Nas férias,  sem nada pra fazer, o que me alegrava na madrugada era o Multishow  SBT, que ficava passando toda hora as reprises das primeiras temporadas de Two and a Half Men. O Jake ainda gordinho e bobão, a Berta fazendo aquelas piadas ótimas, e o Charlie seduzindo as gatinhas e ficando louco com as bebidas, aquela epóca era boa. Mas faz umas três temporadas que a série ficou um porre, e eu sinto sono só de ver a propaganda na Warner. Bom, o Charlie Sheen, que é o cara que interpreta o Charlie, sempre curtiu bebidas, dorgas e mulheres na vida real ( ou você achava que era malandragem dos roteiristas o nome dele ser o mesmo do personagem que ele faz?).  O problema começou quando, no Natal de 2009, ele foi preso acusado de ter batido na mulher dele( #Netinhofeelings) bêbado.

Ele está bêbado ou ele está bêbado?

 A partir daí, ele tocou o foda-se e foi pra várias festas que teve sexo, sexo, sexo com prostitutas, sexo com bebida, sexo, sexo com cocaína, sexo, seco E sexo. Depois de uma dessas festas,que aposto que só tinha gente responsável e teve 36 horas de duração sem parar, além de atrizes pornô, bebida, e uma mala (é, num foi um saquinho, nem uma lancheira, uma MALA) de cocaína a coisa piorou. Ele, por alguma razão que eu num consigo imaginar, foi parar num hospital com dores no peito e pararam as gravações da série por um mês para ele ficar numa rehab.

O canal já anunciou que apóia essa estada e espera o tempo necessário pra ele ficar melhor – antes de você pensar que humilde da parte deles, saiba que cada episódio de TAHM lucra 3,1 MILHÕES de dólares. Bom, o importante agora é ver se o Charlie sobrevive até o final da série, que ainda tem mais duas temporadas, e continua ganhando 1,25 MILHÃO por episódio, ou se a série vai se chamar One and a Half Men.

Anúncios